Markdown and GitHub language, learn how to format your project README

What is?

It is a very simple markup language, which was created by John Gruber and Aaron Swartz has in its formatting codes converted to XHTML.

In Github you can adorn the README of your project by creating a README.markdown with the markings and automatically it will be interpreted and generated a valid XHTML and beautiful.

How to Use – Codes for Format

Turn any literal code, use ‘\’ (backslash) before: \ # or or \ *

H1
# My Title
Result:
<h1>My Title</h1>
H2
## My Subtitle
Result:
<h2>My Subtitle</h2>

H6
###### My tiny title
Result:
<h6>My tiny title</h6>

Italic

*text*
_text_
Result: <em>text</em>

Bold

</pre>
**text**
 __text__
 Result: <strong>text</strong>

Code

print_r (array ()); '
Result: <code> print_r (array ()); </ code>

Quote

> text
Result:
<blockquote> text </ blockquote>

Link

[Click here to download the PDF] (http://www.uia.com/demo.pdf "Click and Download the PDF")
Result: <a href="http://www.uia.com/demo.pdf" title="Clique and Download PDF"> Click here to download the PDF </a>

Image

! [Here should appear a person icon] (http://www.uia.com/pessoa_icon.png "Person")
Result: <img src = "http://www.uia.com/pessoa_icon.png" alt = "here should you see a person icon" title = "Person" />

Unordered lists

* 1 item
* 2 item
Or
+ 1 item
+ Item 2
Or
- Item 1
- Item 2

Result:

<ul>

<li> Item 1 </ li>

<li> item 2 </ li>
</ul>

Ordered lists

1. Item 1
2. item 2

Result:

<ol>

<li> Item 1 </ li>

<li> item 2 </ li>
</ol>

More information and formatting read the documentation http://daringfireball.net/projects/markdown/syntax

PHP library to make parsing files with Markdown formatting: http://michelf.com/projects/php-markdown/

There are libraries for other languages: http://pt.wikipedia.org/wiki/Markdown

Campus Party – TOP 10 checklist e dicas #CPBR

620-310-0-0

Depois de muitos anos (4 anos/edições) como campuseiro vi que preciso de um checklist para aproveitar melhor o evento e não passar por problemas, dificuldades, desconfortos. E aproveito para passar dicas para os novatos também.

582615-970x600-1

CHECKLIST

  1. Ventilador, aquele pequeno usb de preferência. Porque a CPBR sempre acontece no final de janeiro, verão, com temperaturas maiores que 30 graus e a sensação térmica dentro do pavilhão pode chegar a 40 graus devido a quantidade de pessoas e máquinas ligadas. Pode ser comprado facilmente na Santa Efigênia.
  2. Roupa de cama e banho. Pois quem vai acampar precisa e só é fornecido a barraca.
  3. Colchão inflável ou colchonete, como já disse, só é fornecida a barraca.
  4. Cadeados para a barraca, pode ser aqueles de mala. Então quem trouxer o da mala já pode reaproveitar.
  5. Trancas de computador, notebook, laptop. Para poder deixar sua máquina na bancada sem se preocupar.
  6. Lanches e snacks. Itens não perecíveis como: salgadinhos, biscoitos, bolachas, toddynho, etc são sempre um alívio para passar a fome. Tem uma praça de alimentação mas os preços são mais caros que o normal. Para quem come muito recomendo que compre o pacote de alimentação (Catering) antes do evento, que conta com: café da manhã, almoço e janta. Mas também tem um restaurante dentro da campus com: self-service, pizzas e marmita.
  7. T de tomada ou régua de tomada.Tem muitos pontos de energia, mas você sempre vai precisar de mais um.
  8. Roteador Wireless ou switch. Tem muitos pontos de rede mas você vai precisar de mais. E o roteador Wireless é importante para os celulares, pois o evento só disponibiliza pontos de rede.
  9. Máscara de dormir para quem tem dificuldade de dormir com muita luz, pois o evento funciona 24h, as luzes não apagam nem no camping.
  10. Fone de ouvido, para ouvir seu próprio som ou para dormir, porque o barulho é 24h também.

acampamento-campus-party-2014

DICAS

  1. Chegue cedo no dia da abertura. Mesmo a abertura acontecendo somente à noite, os portões são abertos bem cedo. Então para conseguir uma bancada bem localizada e pegar menos filas é importante chegar cedo.
  2. Ir de caravana é bem legal, pois você faz vários amigos, racha o dinheiro do transporte e ainda tem comodidades dependendo da animação e organização da sua caravana. Fui 2 anos de caravana e vale muito a pena.
  3. Se você quiser assistir várias palestras ao mesmo tempo, sugiro que fique sentado na bancada e acompanhe pelo internet o streaming. Porque aí você consegue ver um pedacinho de cada e evita ficar correndo à toa.
  4. Fique ligado no twitter/instagram/facebook de todas empresas que estiverem na CPBR, pois eles estão lá para conquistar você como cliente e dar brindes. Eles organizam diversas brincadeiras e desafios, basta seguir para ficar por dentro.
  5. Registre seus equipamentos para diminuir as chances de roubos e furtos.
  6. Não se preocupe com a estrutura do banho, eles montam vestiários, com baias, porta sanfonada, chuveiro quente e penduradores. E os banheiros são do próprio local (pavilhão do Anhembi atualmente).
  7. Tem água de graça mas recomendo levar uma garrafa para reabastecer.
  8. Se você é friorento leve um casaco pois de noite dá uma esfriada.
  9. O traje é o que você se sentir melhor. A maioria fica com roupa de ficar em casa mesmo: bermuda, camiseta e chinelo. Mas pode usar seu estilo que a party é democrática, aceita todos os tipos.
  10. Tem um ônibus transfer do evento para o metrô, de 30 em 30 minutos.
  11. Cuidado com a fila na hora de ir embora. Porque tem que passar as malas pelo detector de metais e verificar os equipamentos de todos.
  12. E por final, se alguém gritar: OooOOoOOOoOouuuu!!! Responda imediatamente para fazer parte do coro. Ninguém sabe ao certo o motivo nem quem começou com isso, mas virou uma tradição.

Então é isso, se gostou compartilhae se tiver algo a complementar ou criticar, deixe sua mensagem aqui nos comentários.

Fui!

 

Angular Material Design vs Polymer vs SB Admin Bootstrap

Neste post vou documentar minha pesquisa para a escolha da melhor biblioteca de web component, para um projeto web mobile, utilizando AngularJS.

Angular Material

O projeto Angular Material é uma implementação do Material Design em AngularJS. Esse projeto provê um conjunto de reutilizáveis, bem testados e acessíveis componentes UI, baseados no sistema Material Design. Similar à coleção Paper elements do projeto Polymer, Angular Material é suportado internamente pelo Google, pelo AngularJS, Material Design UX e outros times de produtos.

Esta opção é a que mais me agrada, visto que trabalha muito bem com o AngularJS, que já é certeza no projeto.

Polymer

A biblioteca Polymer foi feita para tornar mais rápido e fácil, para os desenvolvedores, criar maravilhosos e reutilizáveis componentes para os navegadores modernos.

Em geral, ele foca no uso de componentes web. Cria elementos customizados e evolui tanto quanto a web evolui. Até o momento, só suporta as últimas versões dos navegadores modernos. Segue uma imagem que explica a arquitetura do Polymer.

Esta opção é um vislumbre das novas possibilidades que o HTML5 e os novos componentes web podem nos oferecer.

Ionic

Ionic é um ótimo open source front-end SDK para desenvolvimento de apps híbrido mobile com tecnologias web como: HTML5, CSS e Javascript. Ionic é focado no “look and feel” e interações UI para um app. Atualmente utiliza AngularJS.

Porém, o Ionic está descartado do meu estudo, visto que o foco do meu projeto é web e ele, apesar de ter uma boa atuação web, é focado no mobile, por isso não garante perfeita execução nos navegadores web. Isto é dito na própria documentação do Ionic.

http://ionicframework.com/docs/overview/#browser-support

É provável que, em um futuro não tão distante, seja criada uma branch do projeto utilizando Ionic para uma versão totalmente mobile. Mas isso também depende do lançamento oficial do Angular 2.0 e outras decisões arquiteturais.

SB Admin 2

É um tema administrativo, painel de controle (dashboard), ou aplicação web UI, baseado em Bootstrap, juntamente com o poderoso plugin jQuery e funcionalidades herdadas.

Esta opção é a que menos considero, porque o Bootstrap está desgastado, mesmo que com uma grande comunidade e número de plugins e aplicações. Levando em consideração que o AngularJS é certeza no projeto e que ele sempre precisou de muitas adaptações/plugins/modules/gambiarras para que o bootstrap rodasse bem com ele, seria trabalhoso utilizá-lo. Se não existisse o Angular Material esta opção seria a minha favorita.

Então, qual a diferença entre Polymer e Angular Material?

Angular Material já está adaptado para trabalhar com AngularJS, utilizando diretivas e services. O Polymer é uma biblioteca para criação de componentes web personalizados. Angular Material utiliza a biblioteca Paper elements do Polymer, então, eles não são inimigos, são tecnologias amigas que caminham juntas, porém com um foco diferente.

Diretivas Angular vs Custom Elements

Polymer (mais especificamente Shadow DOM) provê a habilidade para compor JS, CSS e HTML encapsulado em componentes personalizados, assim como as diretivas AngularJS.

As diretivas Angular são conceitualmente similares aos Custom Elements, mas elas são implementadas sem o uso da API para componentes web. Diretivas Angular é uma maneira para construir elementos personalizados, e Polymer e a especificação de componentes web são os padrões-base de como fazer isso.

Similar ao AngularJS, Polymer Elements provê um template e bi-direcional data binding. Entretanto, eles também provêm funcionalidades como o Shadow DOM, que permite encapsulamento do CSS. Diretivas Angular não tem nenhuma noção de encapsulamento de estilo, mas é esperado que isto seja incorporado por uma eventual nova funcionalidade.

No futuro, ambos poderão ser usados conjuntamente. Porque custom elements serão o DOM, eles irão trabalhar sem problemas com frameworks como AngularJS. O time do AngularJS disse que eles irão eventualmente usar a API de Web components (custom elements, Shadow DOM, etc).

Conclusão

Utilizarei o Angular Material, pois, além de ter grandes qualidades do Polymer, ele tem o AngularJS por trás tornando-o mais forte e vivo por mais tempo. Nada é eterno, principalmente neste mundo da tecnologia, mas sabemos que um poderoso framework, mantido por uma poderosa organização (Google), sempre leva vantagem. E como o Angular Material já nasceu feito para o AngularJS, ele se destaca em relação ao Polymer. Contudo, acredito que em breve o Polymer seguirá o mesmo caminho e será uma ótima opção, juntamente com o Angular 2.0.

Angular 2.0 é outro assunto que precisa ser estudado, mas ainda é cedo para este projeto. De qualquer forma, deixarei links aqui no final para leitura complementar, casos se interessem.

“May the Force be with you”

Leitura complementar

http://ng-learn.org/2014/12/Polymer/

http://www.sitepoint.com/whats-new-in-angularjs-2/

Angular 2.0

http://stackoverflow.com/questions/18089075/what-is-the-difference-between-polymer-elements-and-angularjs-directives

http://www.binpress.com/blog/2014/06/26/polymer-vs-angular/

Yeoman-polymer

http://www.html5rocks.com/en/tutorials/webcomponents/yeoman/?redirect_from_locale=pt

https://developers.google.com/web/updates/2014/01/Yo-Polymer-A-Whirlwind-Tour-Of-Web-Component-Tooling

http://jcrowther.io/2015/05/26/using-polymer-webcomponents-with-angular-js/

http://www.2ality.com/2014/07/angularjs-vs-polymer.html

http://www.oyecode.com/2015/05/angularjs-20-or-polymer-open-discussion.html

https://dzone.com/articles/typed-front-end-with-angular-2

Como se livrar de vendedores de telemarketing chatos

Bom, estava eu ontem feliz da vida trabalhando e me liga um número do Rio de Janeiro. Atendi e era um vendedor de telemarketing da BrasilCap (fundo de capitalização do Banco do Brasil). Então, como sou educado, escutei-o por alguns segundos e disse que não me interessava, que já tinha formas melhores de investir meu dinheiro e blá, blá, blá. Mas ele não contente continou falando, blá, blá, blá. Cheguei a tirar o telefone do ouvido e colocar em cima da mesa por uns segundos, mas o cara não desistiu. E me falava como se fosse a melhor coisa do mundo, como se eu fosse burro de não aceitar.


Então comecei a pensar… vou tentar tornar essa conversa interessante pra mim ou pelo menos desinteressante para ele. 
– “Amigo, você é do RJ?” Segundos de silêncio.
– “Sr. Guilherme você pode ficar tranquilo que sou um consultor especializado, seus dados estão seguros e blá, blá, blá.”
– “Eu sei amigo, mas eu quero saber se está falando do RJ? É porque tenho uma proposta para você.” hauhauahau
– “Sim, nossa sede fica no RJ e etc…”
– “Então, estou desenvolvendo um produto para o ramo de venda direta, o LogVendas (explicação do produto e blá, blá, blá) e estou precisando de contatos no RJ, você conhece alguém que trabalha nesse ramo?”
– “Mas e o BrasilCap e blá.”
– “Sim, mas eu te escutei agora me escuta. Você conhece alguém que trabalha com Herbalife, Mary Kay, Natura, etc?”
– “Não, não posso conversar sobre isso também.” (as ligações são gravadas então ele não pode falar assuntos que não interessam para eles)
– “Mas por que não?”
– “Não posso e não conheço.”
– “Hum.. então a conversa não está interessante para mim. Mas e você, percebo que é um bom vendedor, quase que me convenceu, você não se interessa em fazer uma parceria, trabalhar comigo? Preciso de vendedores nos RJ também.” O cara já estava ficando puto.
– “Não posso falar sobre isso. Mas e o BrasilCap, o senhor não se interessa?”
– “Bom, posso até me interessar, mas você se interessa na minha proposta? Se você se interessar a gente pode conversar.”
– “Não, não posso.”
– “Então sinto muito, é uma grande chance para você aumentar sua renda, trabalhar numa startup de crescimento explosivo e etc. Bom, você tem meu contato, se quiser depois me liga quando puder falar algo que me interesse. Se você aceitar a minha proposta pode ser que eu aceite a sua.” Chupa essa otário.
– “Muito obrigado pela ligação senhor. Tchau.”
– “Tchau.”
E eu consegui, fiz um vendedor desligar o telefone. Ainda tem mais coisas mas não vou escrever tudo aqui senão vai ficar enorme.
kkkkkkkkkkkkk


Então é isso, resumindo, quando ligarem para você por qualquer motivo, torne a conversa interessante para você, senão não tem sentido perder seu tempo ali.

ReclameAQUI – site para reclamações diversas

Para você que não aguenta mais ser tratado com desprezo, que não tem seu pedido atendido, seu dinheiro de volta, seu produto em boas condições, seus problemas acabaram, use o ReclameAQUI.
Alguém me ajude!!!
Achei hoje na net esse site que parece ajudar muito a pessoas que querem reclamar e não sabem onde. Também tem outras informações importantes como: ranking das melhores e piores empresas, busca por reclamações, comparação de empresas, as que respondem mais rápido, as que demoram mais a responder, além é claro da função principal, cadastrar sua reclamação. É uma forma de expor a forma como a empresas nos tratam, bem ou mal, tentando mostrar a verdadeira cara das empresas e não as que elas mostram nas propagandas.
Então é isso, Tokens Net também é utilidade pública.

Link para o site.
http://www.reclameaqui.com.br/

Pesquisar emails não lidos no Gmail

Essa é uma funcionalidade muito útil quando você já esqueceu quais eram ou pra que serviam aqueles emails que você deixou sem ler e aí quer apagar tudo ou fazer outra coisa para deixar a caixa de entrada limpa e organizada.

Bom, ainda bem que tem como você pesquisar somente esses emails não lidos.

Coloque no campo de pesquisa dentro do Gmail o seguinte dado:

“label:inbox is:unread”

ou seja, emails da caixa de entrada que não foram lidos e pronto, você terá todos emails não lidos para fazer o que quiser com eles.

QR Code – leitor e gerador

Bom, pra quem não sabe, QR code é tipo um código de barras mas em 2D, ou seja, ele consegue armazenar mais informações, que podem ser usadas para várias aplicações. Por exemplo: número de telefone, email, uma url, um contato inteiro (vCard), SMS, entre outros.

Vc pode ler o QR code usando uma camêra de celular ou pelo computador mesmo. E também pode gerar a partir de vários sites na internet.

Leitores
Geradores
Bom, espero que eu tenha ajudado. Para mais detalhes, deixe seu comentário, me mande um email, ou pesquise no Google. =p

Have fun!