Reading and writing files in Java

Let’s begin by reading, first we create the file we will use. In fact we will not create the file by Java, we create the object of type File, the file itself must already exist in the specified path.

File readingFile= new File("/home/developer/readingFile.txt");

In my case, I specified the full path of the file because it did not work with the file in the current directory, if you delete the file path, Java will search for the file in the application directory. Then we create the streams for file access.

InputStream reading = new FileInputStream(readingFile);
InputStreamReader rReading = new InputStreamReader(reading );
BufferedReader bReading = new BufferedReader(rReading );

The InputStream class reads bytes from a source, in our case, a. The InputStreamReader class causes the return stream is shaped character, and not in the form of bytes as in InputStream. Finally, the BufferedReader, that reads the text to be faster and more efficient, consuming less memory. Below is an example of what the reading of this file.

String readingText = bReading.readLine();
while(readingText != null){
    System.out.println(readingText );
    readingText = bReading.readLine();
}

The above code needs to be put in a try / catch block because two important exceptions need to be addressed, the FileNotFoundException and IOException, which are respectively the exception for file not found and an error reading stream. After the use of streams, all should be closed with the close() method.

Now writing will not matter if you understand the code above, you will not have difficulties. We will also use three classes, the OutputStream, OutputStreamWriter and BufferedWriter. Below, an example of writing code.

File writingFile = new File("/home/developer/writingFile .txt");
OutputStream writing = new FileOutputStream(writingFile );
OutputStreamWriter wWriting = new OutputStreamWriter(writing );
BufferedWriter bWriting = new BufferedWriter(wWriting );

bWriting.write("This will be the text that will save your file.\n");
bWriting.close();
wWriting.close();
writing .close();

There are other ways to make reading and writing files in Java, I showed what I believe is didactically more interesting by showing better functioning of streams classes. Elsewhere Can I return to the theme and show other ways to work with files.

Tutorial Java Web para NetBeans

Bom, acabo de achar no site do NetBeans uma incrível página cheia de tutoriais belíssimos, bem explicados e ilustrados, com vários exemplos e dicas importantes de novas ferramentas e plugins.

Link para a página

Tutoriais de geração de VO’s a partir do banco, de configuração do Hibernate, criação de facelets, JSF, validadores e conversores customizados, Ajax, GWT, Struts, Spring, componentes visuais, em suma, uma porrada de tutoriais muito úteis.

Sério mesmo, to estusiasmado com o tanto de informação. Vou aproveitar para traduzir alguns dos melhores e colocá-los aqui no Tokens Net em breve.

Download Eclipse e NetBeans

Eu coloquei dicas de teclas de atalhos do Eclipse no post anterior e esqueci de passar o link de onde baixar.
São várias versões. A primeira (Java EE Developers) é para aplicações web, a segunda (Java Developers) é para qualquer aplicação java, a terceira é para C/C++, aí tem uma para criar plugins, outra para relatórios e a útlmia é uma versão clásica do Eclipse. Para mim só a primeira interessa por enquanto. Só lembrando que o Eclipse é só descompactar e executar o arquivo: eclipse.exe
Agora temos o site de download do NetBeans
Atualmente está na versão 6.5 aí tem uma tabela com todas as possíveis características dele, se vc quiser baixar um só para web ou um completão e etc.
Sinceramente ainda não baixei essa versão, estou na confiável e estável versão 6.1 porque qd eu fui mudar, ainda era a versão 6.5 beta e ela tinha um defeito no componente de upload JSF, além de alguns bugs nos javascripts criados automaticamente e as incompatibilidades com as versões anteriores e como estava num ambiente empresarial não podemos perder tempo tentando resolver algo que não é versão final. Mas confesso que era uns 30% mais leve e rápido que as outras versões. Um amigo meu já está usando a versão estável e falou que ainda não achou nenhum problema, tomara que eles tenham consertado.
Então é isso, em breve farei um tutorial de configuração do Spring com Hibernate e JSF.
Até mais e comentem.